INFEIRA | Entidade Formadora Certificada

Certificado Infeira Entidade Formadora Certificada DGERT banner

INFEIRA alcança, com sucesso, a transição de Entidade Acreditada para Entidade Formadora Certificada – DGERT

Poderá ler-se, no certificado emitido que, INFEIRA – Gabinete de Consultadoria, Lda., com o NIPC 503270865, sede em Rua do Murado, n.º 535 – 4536 – 902 Mozelos, foi certificada como entidade formadora, no âmbito do disposto na Portaria n.º 851/2010, de 6 de Setembro, alterada e republicada pela Portaria n.º 208/2013, de 26 de Junho.
Da avaliação efetuada pela DGERT – Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho, conclui-se que a entidade formadora satisfaz os requisitos do referencial de qualidade no que respeita a:

A entidade demonstra possuir uma estrutura formativa estável, com colaboradores com um perfil de competências adequado às funções que desempenham. Igualmente ao nível dos recursos físicos e materiais a entidade dispõe para a organização do seu projeto formativo de condições materiais, físicas, ambientais e logísticas necessárias e adequadas.
A entidade evidencia dispor de condições ao nível das suas práticas pedagógicas e organizativas, traduzidas num conjunto de processos-chave, reconhecendo-se a sua capacidade para conceber, organizar e executar formação profissional, desenvolvendo atividades que integram as diferentes fases do ciclo formativo, bem como uma intervenção qualificada nas áreas de educação e certificação em que solicita a sua certificação.
A entidade dispõe de mecanismos de acompanhamento da sua atividade formativa, que traduzem práticas de controlo e avaliação da mesma, permitindo-lhe avaliar o cumprimento dos objetivos e metas definidas na planificação, bem como avaliar como os seus serviços de formação estão a ser prestados.

Face à avaliação técnica efetuada, reunidos que se encontram os requisitos previstos nos artigos S.º e 7.º da Portaria n.º 851/2010, de 6 de setembro, alterada e republicada pela Portaria nº 208/2013, de 26 de Junho, respeitantes aos requisitos prévios e do referencial de qualidade da certificação de entidades formadoras e de acordo com o disposto no n.º 1 do art.º 6.º da mencionada Portaria, somos de propor a certificação da entidade Inteira – Gabinete de Consultadoria, Lda., com o NIPC 503270865, nas áreas de educação e formação que seguidamente se identificam:

  • 090- Desenvolvimento pessoal
  • 222- línguas e literaturas estrangeiras
  • 347- Enquadramento na organização/empresa
  • 349- Ciências empresariais- programas não classificados noutra área de formação
  • 860- Serviços de segurança
  • 861 – Proteção de pessoas e bens
Certificado DGERT
Serviço de Apoio à Certificação de Entidades Formadoras
O INFEIRA disponibiliza um completo Serviço de Apoio à Certificação de Entidades Formadoras, divido em diferentes fases: Elaboração, Gestão e Submissão do Processo; Auditoria ao Processo; Consultoria durante o Processo e Auditoria Interna ao Processo de Certificação.

Saiba Mais

Uma vez mais, o INFEIRA, enquanto Entidade Formadora Certificada, une esforços no sentido de disponibilizar, a todos os seus clientes, um Serviço Formativo de elevada qualidade, diferenciador e devidamente certificado.

De acordo com a DGERT, quais as vantagens de ser uma Entidade Formadora Certificada?

Ser uma entidade formadora certificada significa que os seus procedimentos e práticas estão de acordo com um referencial de qualidade específico para a formação.
Além disso, a formação promovida só é considerada certificada, nos termos do Sistema Nacional de Qualificações, se for desenvolvida por entidade formadora certificada.
A certificação constitui um requisito obrigatório para o acesso aos programas de financiamento público, nacional ou comunitário, da formação profissional.
A certificação em determinada área, curso ou acção de formação, definida em legislação setorial, habilita a entidade formadora a desenvolver a atividade de formação profissional alvo dessa regulamenteção.
As entidades formadoras certificadas estão isentas de imposto sobre o valor acrescentado (IVA) sobre os seus produtos e serviços de formação profissional.
Os clientes de entidades formadoras certificadas podem deduzir no imposto sobre o rendimento singular (IRS) despesas relacionadas com formação profissional adquirida nas mesmas.
 
 

Verificação