incentivos pdr 2020 ADRITEM

ADRITEM – PEQUENOS INVESTIMENTOS NA TRANSFORMAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS AGRÍCOLAS

A ADRITEM – Associação de Desenvolvimento Rural  Integrado das Terras de Santa Maria disponibiliza incentivos, no âmbito do PDR 2020, com o objetivo de apoiar pequenos investimentos através da criação ou modernização de unidades de transformação e comercialização de produtos agrícola, até um máximo 200 000€ de investimento destinados a melhorar o desempenho competitivo das unidades agroindustriais, garantindo simultaneamente a sustentabilidade ambiental das atividades económicas..

Período de Candidaturas: 22 de fevereiro de 2017 a 31 de março de 2017 (16:59:59) 

  • Pessoas singulares ou coletivas legalmente constituídas à data de apresentação da candidatura.
  • Projetos enquadrados em setores com uma CAE na transformação e comercialização de produtos agrícolas do Anexo I do TFUE (matéria prima ou produto transformado);
  • Demonstrarem situação económico e financeira equilibrada, em termos de autonomia financeira (AF);
  • Disporem de contabilidade atualizada e organizada de acordo com as especificações do Sistema Nacional de Contabilidade.
  • Os projetos de investimento a apoiar terão como dimensão de investimento o seguinte nível: superior a 10.000€ e inferior ou igual a 200.000€;
  • Os projetos de investimento devem evidenciar viabilidade económica e financeira, avaliada pelos parâmetros habitualmente utilizados para esse efeito: TIR, VAL e Pay-Back, podendo-se prever exceções à sua aplicação para projetos de natureza ambiental ou de melhoria da eficiência energética.
  • Bens imóveis — Construção e melhoramento, designadamente:
    • Vedação e preparação de terrenos;
    • Edifícios e outras construções diretamente ligados às atividades a desenvolver;
    • Adaptação de instalações existentes relacionada com a execução do investimento;
  • Bens móveis — Compra ou locação — compra de novas máquinas e equipamentos, designadamente:
    • Máquinas e equipamentos novos;
    • Equipamentos de transporte interno, de movimentação de cargas e as caixas e paletes com duração de vida superior a um ano;
    • Caixas isotérmicas, grupos de frio e cisternas de transporte, bem como meios de transporte externo, quando estes últimos sejam utilizados exclusivamente na recolha e transporte de leite até às unidades de transformação;
    • Equipamentos sociais obrigatórios por determinação da lei;
    • Automatização de equipamentos já existentes na unidade;
    • Equipamentos não diretamente produtivos, nomeadamente equipamentos visando a valorização dos subprodutos e resíduos destinados à valorização energética e equipamentos de controlo da qualidade.
  • Despesas Gerais — nomeadamente no domínio da eficiência energética e energias renováveis, software aplicacional, propriedade industrial, diagnósticos, auditorias, planos de marketing e branding e estudos de viabilidade, acompanhamento, projetos de arquitetura, engenharia associados aos investimentos, até 5 % do custo total elegível aprovado daquelas despesas.
  • Apoios não reembolsáveis;
  • Os apoios são concedidos para um montante de investimento até 200.000€, sob a forma de subsídios não reembolsáveis até 35% do investimento elegível, podendo atingir 45% se a unidade se situar em região menos desenvolvida;
  • Limite de um montante de apoio por beneficiário de 150.000€ durante o período de programação.
 Período de Candidaturas ADRITEM: 22 de fevereiro de 2017 a 31 de março de 2017 (16:59:59)
 
 

Verificação